Ginecologia e obstetrícia: como funciona a faculdade de medicina na prática



A teoria e a prática são bem diferentes, certo? As duas são muito importantes. A teoria sem prática é acumulo de conhecimento. A prática sem teoria é empirismo e se baseia em tentativas, erros e acertos. Você sabe como funciona a faculdade de medicina na prática?

 

Neste artigo, você encontra informações sobre a carreira do médico ginecologista e obstetra. Quer saber como é a rotina desse tipo de médico e o que deve fazer para se tornar um ginecologista? Basta ler o texto até o final.

 

O ginecologista e o obstetra no Brasil

 

Segundo dados da Demografia Médica 2018, publicados pela Associação Médica Brasileira (AMB), atualmente são mais de 30,5 mil médicos ginecologistas e obstetras. Esta é a quarta especialização mais escolhida no Brasil. O número de especialistas em Clínica Médica ocupa a primeira posição, seguida por Pediatria e Cirurgia Geral, respectivamente.

 image


Como é o dia a dia do ginecologista?

 

O ginecologista é responsável por cuidar da saúde da mulher, não só do aparelho reprodutor feminino, mas também de aspectos mais amplos. Ele identifica e trata doenças associadas ao útero, à vagina, à vulva, às trompas, aos ovários e às mamas. O especialista acompanha a mulher em todas as fases de sua vida: da adolescência à terceira idade, da primeira menstruação à menopausa.

 

Durante as consultas, os médicos realizam exames preventivos, de Papanicolau e mama, aconselham sobre o melhor método contraceptivo para cada paciente e atuam na prevenção e no tratamento de doenças.

 

O médico ginecologista pode atuar em consultórios particulares, clínicas e hospitais. Além de consultas clínicas, ele está apto a realizar pequenos procedimentos no consultório, como inserção de Dispositivo Intrauterino (DIU) e colher material para biópsia. Do mesmo modo, sua rotina também compreende a realização de cirurgias tradicionais ou por videolaparoscopia.

image


Como é a rotina de trabalho do obstetra?


Com toda a certeza, a rotina de trabalho do obstetra é imprevisível. O especialista acompanha o desenvolvimento da gestação, realiza o parto e cuida do pós-parto. Esta é a parte previsível do trabalho. Qualquer outro aspecto é, realmente, imprevisível.

 

Além de realizar as consultas de pré-natal, o obstetra ajuda a paciente a escolher qual é o melhor planejamento do parto, de acordo com suas características, o andamento gestacional e a demanda do bebê. Uma mãe pode ter planejado ganhar seu filho por parto natural ou vaginal, mas acabar evoluindo para cesariana por algum fator de risco ou condição de saúde.

 

Pela falta de previsibilidade e rotina, o profissional é extremamente exigido. Sua dedicação precisa ser proporcional à ação do elemento surpresa. Além de atender as emergências, o obstetra precisa cumprir longas horas de plantão.

 

Como se tornar um ginecologista e obstetra?


Após a conquista do diploma, o médico pode optar por cursar a especialização ou fazer a residência médica. Tanto o curso como a residência duram, em média, três anos. Após esse período, é necessário fazer uma prova e, só então, o profissional se inscreve na Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia (FEBRASGO).

 

Mercado de trabalho

 

Embora o número de ginecologistas obstetras seja expressivo, a demanda por esse tipo de profissional não está saturada. Principalmente no interior do país e em cidades de pequeno porte ainda existe a carência por esse tipo de profissional. Levando em consideração que a maioria da população brasileira é composta por mulheres, a necessidade de ginecologistas obstetras é evidente.

 

Como funciona a faculdade de medicina na prática?

 

O funcionamento da faculdade de medicina vai além da sala de aula, e o aprendizado conquistado na prática é bem diferente do teórico. Pensando na importância de unir os conhecimentos prático e teórico, a FAMINAS-BH desenvolveu o Laboratório de Treinamento de Habilidades e Simulação Realística (SIMULAB). As aulas proporcionam uma vivência diferenciada aos alunos. A didática inovadora é responsável por abrir os horizontes do aprendizado e promover uma formação integral entre a teoria e a prática. Clique aqui e conheça o SIMULAB.

image