Como Estudar!


Em 07/06/2005 às 17h03

(Serviço de Orientação Psicopedagógica e Profissional FAMINAS-BH

Prof. Deolinda Armani Turci)

Existem técnicas que nos auxiliam na tarefa de estudarmos. Todo estudante precisa de um método de estudo, e isto significa um jeito bom, eficiente e rápido de fazer as coisas. É necessário planejar suas tarefas e conhecer alguns métodos e técnicas de estudo para alcançar o seu objetivo. A motivação, a atenção e a organização são imprescindíveis para adquirimos o hábito de estudar. A motivação se caracteriza pela força que põe você em ação para conseguir alcançar um objetivo proposto. É o primeiro passo mas as vezes é o primeiro problema também.

 

Muitas vezes não estamos motivados para estudar:

 

  1. Não entendemos bem a matéria. Isso pode acontecer por falta de base dos anos anteriores ou por não nos empenharmos tanto quanto devíamos.
  2. Temos problema por não simpatizarmos com o professor daquela disciplina.
  3. Achamos que aquela disciplina  não vai nos servir para nada.
  4. Estarmos sobrecarregados e não sabermos por onde começar.
  5. Não sabermos como estudar a disciplina.

Pode ser que seja um desses motivos ou os três juntos; qualquer que seja o caso reflita sobre alguns pontos:

 

  1. Pode ser que você não esteja usando o melhor método para estudar e aí ocorre um erro atrás do outro, você vai mal nas provas, fica com raiva do professor e de você mesmo e não consegue sair desta situação. Desafie-se nesta disciplina!
  2. Quando lidamos com pessoas que não nos são agradáveis devemos procurar conhecê-las melhor, olhá-los  um minuto sem ter raiva. Mesmo assim é possível que não mude nada em relação aquelas pessoas. Neste caso, se for seu professor,  procure pensar na disciplina que ele leciona, isolando-a de sua pessoa.
  3. Existem certas disciplinas em que é mais fácil perceber sua relação com a prática; em outras, a relação não é tão fácil. Mas de qualquer forma tente se informar sobre a relação existente entre aquela matéria disciplina e todas as outras.

Quando empreendemos uma tarefa e não conseguimos realizá-la, começamos a nos achar incapazes e começamos a desanimar. A conseqüência disto é que a segunda tentativa, já se torna mais difícil, porque além da dificuldade natural da tarefa existe a descrença em nossa capacidade pois temos necessidade de ser bem sucedidos para continuarmos.

 

Atenção: As disciplinas têm características diferentes e para aprendê-las precisamos compreender refletir sobre elas e até criticá-las.

 

Você pode organizar o seu programa de estudo de tal maneira que haja alternância entre disciplinas de estruturas semelhantes e de estruturas diferentes. Pode ocorrer também que um conteúdo sobreponha outro que foi estudado imediatamente antes da prova. Uma grande parte dos estudantes tem por hábito estudar até a ultima hora mas é preciso um tempo para transformar informação em conhecimento. Você deve encerrar com bastante antecedência a preparação de provas.

 

Para estudarmos é necessário concentrar intensamente durante um tempo, de acordo com o grau exigido pela disciplina. É claro que as disciplinas que gostamos prendem nossa atenção, mas devemos concentrarmos mais nas disciplinas que nós não gostamos, porque elas têm um grau de dificuldade maior para nós.

 

Regras básicas de estudo:

 

  • Estabeleça metas mínimas, propondo-se dedicar ao estudo por um curto espaço de tempo pois é necessário antes de tudo, criarmos o hábito de estudarmos.
  • É preciso que tenhamos bastante organização e o planejamento das atividades é importantíssimo. “Planos irreais levam ao desânimo”.
  • Horários para estudar bem divididos.
  • Ambiente adequado com iluminação suficiente, menos barulho possível, aparelhos de som e TV fora do nosso alcance de percepção. Mesa e cadeira que nos possibilite uma posição mais confortável, lembre-se de que reclinar-se dá muito sono.
  • Evite interrupções nos seus estudos.
  • Evite conversar com outras pessoas. Converse somente se estiverem discutindo conteúdos ou estudando juntos.
  • Coloque material de trabalho ao seu alcance para evitar  possível descontração.
  • As preocupações devem ser adiadas. Escreva-as em um papel e deixe para pensar nelas depois.
  • Quando as idéias diferentes e planos futuros aparecerem transcreva-os também para o papel para você não esquecê-los e pense neles após o termino do estudo.
  • Não fique esperando a sua vontade para estudar. Force-se a estudar nos horários marcados, para habituar-se ao estudo e desenvolver a concentração.
  • Evite estudar nos horários que o seu relógio biológico já está pedindo para dormir.
  • Tem pessoas que conseguem reter melhor as informações escrevendo, outras somente lendo outras ainda ouvindo ou lendo em voz alta. Identifique a melhor forma de reter informações.
  • Habitue-se a se preparar para as aulas antes que elas aconteçam. Leia o conteúdo da aula com antecedência, pois ao ser discutido você terá mais participação. Ao participar terá maior interesse pelas aulas e reterá mais informações.
  • A atenção e participação nas aulas são aspectos fundamentais para acumular informações.
  • Se você tem alguma dificuldade visual ou auditiva sente-se próximo aos professores para que você consiga participar mais.

Lembre-se que não nascemos sabendo, então se tem dúvidas, pergunte, pergunte e pergunte. Não se constranja em não saber, não se envergonhe. O professor terá disponibilidade em responder as suas dúvidas e quem sabe a sua dúvida é também de outros colegas.

 

É muito importante estudar e se preparar.

 

Lembre-se você é responsável pela sua aprendizagem. Só você pode mudar esta situação!